“É O CORONA”, une o mundo da música alternativa nacional

Antes de passarmos a um artigo de apresentação deste trabalho, foi com enorme agrado que vimos aparecer este trabalho da responsabilidade de várias pessoas, em especial de uma que admiramos todo o seu trabalho em prol do mundo mais alternativo nacional. Carlos Guimarães, um homem que respira e transpira música em todo o seu corpo, tem ao dispor de todos os fãs de metal, os seguintes sites:

https://www.caminhosmetalicos.com/

Aconselhamos a todos os fãs de música, que gostam de ler e ouvir o melhor que se faz em Portugal, a consultarem estes locais na internet.

Passamos então à apresentação deste magnífico trabalho, que é imagem da união que se verifica neste meio musical, por vezes desprezado e incompreendido pela sociedade em geral.

O Caminhos Metálicos, em colaboração com o Blind & Lost Studios e a G Media, decidiu aproveitar o tempo de quarentena provocado pelo Covid-19 para reunir um respeitável conjunto de músicos do heavy metal nacional com o intuito de gravar um tema.

Escolhida a música e escrita a letra em Português, foi tempo de convidar os músicos, tendo como critério a relação que foi sendo estabelecida ao longo dos 29 anos do Caminhos Metálicos (até 2012 como programa de rádio e posteriormente na sua versão online).

No espaço de uma semana gravou-se a música e as vozes e depois foi tempo de realizar o videoclip com imagens registadas por 38 músicos nacionais durante a sua quarentena.

PARTICIPAÇÕES: VOZES: Ana Lara (ex-Oratory) Artur Almeida (Attick Demons) Carlos Guerra (Serrabulho) Hugo Soares (Iberia) José Costa (Sacred Sin) Leonel Silva (Hourswill/Mindfeeder) Lex Thunder (Midnight Priest/Toxikull) Miguel Inglês (Equaleft) Muffy (KarbonSoul) Pedro Leal Dias (Gwydion/Invoke) Raça (Revolution Within) Ricardo Pombo (Cruz de Ferro) Rui Duarte (Ramp) Rute Fevereiro (Enchantya) Sandra Oliveira (Blame Zeus) Tiago Azevedo (Lyzzärd)

GUITARRAS: Miguel Adriano (Gwydion) Miguel Gomes (Waterland) Paulo Barros (Tarantula) Paulo Camisa (Nethergod)

BAIXO: Guilhermino Martins (Serrabulho)

BATERIA: Zakk Ovid

PARTICIPAÇÕES VIDEO: Álvaro Fernandes (Pitch Black) António Fonseca (Zurrapa) Augusto Peixoto (Host) Bruno Guilherme (Enchantya/Cruz de Ferro) Fernando Campos (My Enchantment/Enchantya) Ivan Saraiva (Serrabulho) João Sérgio Reis (Iberia) José Bonito (Hourswill) Luis Barros (Tarantula) Luis Figueira (Gwydion) Margarida Veiga (Lyzzärd) Nuno Peixoto (Hourswill) Paulo Ventura (Serrabulho) Ricardo Dias (Heavenwood) Tó Pica (Sacred Sin) Victor Matos (Web) Vitor Costa (Godark)

FICHA TÉCNICA:

PRODUÇÃO: Carlos Guimarães e Guilhermino Martins

MISTURA E MASTERIZAÇÃO: Guilhermino Martins @ Blind & Lost Studios

LETRA: Carlos Guimarães

MÚSICA ORIGINAL: “My Sharona” (The Knack)

VIDEOCLIP: Carlos Guimarães @ G Media

PRODUÇÃO EXECUTIVA: Carlos Guimarães Download do tema (mp3): https://bit.ly/3ebZKJu