AMBERS, uma banda nascida para vencer |Entrevista (Pt |Eng)

Após recebermos um convite para fotografar uma banda alemã, desconhecida para nós, fomos investigar um pouco mais sobre eles, e ficamos bastante surpreendidos pela qualidade apresentada. Daí surgiu o nosso convite para uma breve entrevista de apresentação do colectivo bávaro.

  1. Quem são e de onde vêm os Ambers?

Who are and where do Ambers come from?

Ambers is a progressive Metalcore band based in Munich Germany. We formed in 2018 and after a few member changes, we are now stronger than ever!

Os Ambers são uma banda de metalcore progressivo oriundos de Munique, Alemanha. Juntámo-nos em 2018 e, depois de algumas mudanças nos membros da banda, agora estamos mais fortes do que nunca.  

  • O nome da banda surge em que contexto?

What was the inspiration behind the band’s name?

The idea for our name originated from our drummer Tobi and was inspired by the song “Amber” from “Stick to your guns”. There is no deep meaning behind it, we liked the name and felt like it’s a good fit for our music and our formation.

A ideia do nome da banda partiu do nosso baterista Tobi que se inspirou em “Amber“ dos “Stick to Your Guns”. Não tem um significado profundo nem nada disso. Gostámos do nome e achámos que encaixava bem na nossa música e na nossa formação.  

  • Qual o estilo de metal que vos caracteriza e porque o fazem?

How would you define your metal style? Why do you do play that way?

We are in the musical realm of progressive Metalcore or djent with a tendency towards Deathcore. The sound evolved from both what we love listening to and the combination of our individual preferences. We like the challenge that comes from playing technical and complex stuff while preserving the musicality.

Estamos dentro do domínio do metalcore progressivo ou djent com uma tendência para o deathcore. A evolução do som surgiu da fusão daquilo que adoramos ouvir com a combinação das nossas preferências individuais. Para além disso, gostamos do desafio de tocar um material mais técnico e complexo preservando, no entanto, a musicalidade.

  • Quantos registos musicais possuem até à data e quais as reacções por parte da imprensa e público alemão?

How many albums have you recorded so far? What has been the feedback from the music press and the German audience?

We are a relatively young band, we released a single in 2018 and our debut Ep Covariance in 2019. Overall, the resonance from the press and our fans was very positive. We were stoked to receive so many reviews from established media outlets like the “fuze magazine” and “morecore.de”. At the moment we are working on the pre-production of new material and planning to enter the studio again this year.

Somos uma banda relativamente nova. Lançámos um single em 2018 e o nosso EP de estreia – Covariance – em 2019. Em termos gerais, a repercussão da imprensa e dos nossos fãs foi positiva. Ficámos muito entusiasmados quando começámos a receber tantas críticas positivas de meios de comunicação conceituados como a “fuze magazine” ou o “morecore.de”. Neste momento, estamos a trabalhar na pré-produção de material novo e, também, a planear voltar ao estúdio ainda este ano. 

  • Após várias audições do vosso ep “ Covariance” noto que existe uma grande atenção a produção e qualidade sonora, como conseguiram estes excelente resultado, expliquem-nos um pouco do processo de gravação e masterização.

I have already listened to your Covariance EP on different occasions, and I have noticed that there is a great deal of detail in the production and in the sound quality. How did you manage to achieve this excellent outcome? Could you please briefly explain how the recording and mastering process went?    

We recorded the songs for Covariance in a local studio in Munich that is well established and affordable at the same time (Aaron Rusch productions). We came to the studio with finished songs and tracked guitars and vocals within a few sessions. The drums on the record were programmed in order to cut expenditures. Mixing and mastering was also done by the same studio.

Gravámos as músicas para Covariance num estúdio local em Munique, que tem uma boa reputação e, simultaneamente, é acessível do ponto de vista económico: Aaron Rusch productions. Chegámos ao estúdio com canções já terminadas e com partes de guitarras previamente gravadas. As partes vocais foram concluídas em poucas sessões. A bateria que se ouve no álbum foi programada para, assim, cortarmos gastos. Por seu lado, a mistura e a masterização também foram feitas no mesmo estúdio.

  • O que vos une e motiva a fazer musica, especialmente num género musical extremo e não tao popular como e o metal?

What brings together and leads to making music, bearing in mind metal is an extreme music genre not as popular as others can be?

We share a deep passion for metal and there is no other genre we would want to pursue. As we said before, we feel like creating music that we enjoy and can be proud of is most fulfilling, regardless of the audience size

Partilhamos uma paixão intensa pelo metal e acreditamos que não existe outro género musical que queiramos seguir. Como dissemos antes, é muito gratificante sentirmos essa necessidade de criar música da qual gostamos e da qual possamos estar orgulhosos, independentemente do tamanho do público. 

  • Que planos e projectos existem para um futuro a curto e longo prazo?

In the short and long run, what are your plans or foreseen projects?

We are focused to grow as musicians and songwriters to reach a new level with our next releases. Our ambitions are to play with bigger acts on a regular basis and make a mark in the scene! We are proud on what we achieved with the Ep but also feel like we can create something far more impactful than that in the future.

Estamos centrados em crescer como músicos e compositores para alcançar um novo nível com cada lançamento. As nossas ambições passam por tocar em eventos cada vez maiores e com mais frequência, e deixar uma marca na cena musical! Sentimo-nos orgulhosos com o alcançado com o nosso EP, mas também acreditamos que podemos criar algo muito mais impactante no futuro.   

  • Como esta a vossa agenda de concertos para os próximos meses?

How does your event-booking schedule look like for the upcoming months?

In the next months we have two concerts in Munich (24.04. and 30.04.), a festival appearance in August, and shows in October and December that we are hosting ourselves. If you like to stay on top of our schedule, you should check our website “ambersband.de”.

Nos próximos meses, temos dois concertos em Munique (24 e 30 de abril), uma atuação num festival em agosto e espetáculos, que serão organizados por nós, em outubro e dezembro. Se quiserem estar a par da nossa agenda, devem visitar o nosso site: “ambersband.de”.

  • Como fazer para vos contactar, já existe algum agenciamento ou continuam a trabalhar de forma livre e independente?

How can we contact or reach you? Do you already have a management team or do you still prefer to work as up till now (free and independent)?

We are independent and without a label, which is working out well– it is quite convenient to publish music through the streaming services nowadays. You can reach us through bluebaymanagement, which is helping us with booking. But if you just write us via Facebook or Instagram, your message won’t be lost either!

Somos uma banda independente e sem editora discográfica, o que até tem funcionado bem; hoje em dia é relativamente fácil publicar música através dos serviços de streaming. Podem contactar-nos através da bluebaymanagement que nos ajuda com a gestão de eventos. Mas, se escreverem através de Facebook ou de Instagram, as vossas mensagens não ficarão sem resposta!

  1. Uma mensagem para os nossos leitores portugueses que se encontram espalhados um pouco por todo o mundo.

A message for our Portuguese readers scattered all over the world.

Although we can’t promise that we will be able to play in Portugal an time soon, we hope you are enjoying our music over there and will love our new material that we are working on right now. Cheers and greetings from Germany!
Apesar de não podermos prometer que iremos tocar em Portugal em breve, esperamos que estejam a curtir a nossa música aí e que adorem o novo material no qual estamos a trabalhar agora. Saudações e abraços da Alemanha!