THE HAPPY MESS enchem Teatro Municipal da Guarda

Os The Happy Mess apresentaram-se na Guarda, no Café Concerto do Teatro Municipal da Guarda, para despertar a população guardense.

A casa encheu, e pouco depois das 22h00, fomos presenteados com o título “Love is a strange thing” do último álbum “Dear Future”, sendo este tocado quase na integra, faltando apenas dois temas. Lançado em 2018, a banda está a apresentar este trabalho, numa digressão que está agora a decorrer em teatros e festivais por todo o país.

Inicialmente, apesar de alguns problemas técnicos, como os vocais femininos algo altos e o baixo inaudível, mais o facto de existir alguma ressonância causada pela própria sala, o concerto começou de forma tremida. Contudo, não foi o suficiente para a banda tremer, pelo que com alguns ajustes, à quarta música tocada, já tudo estava lineado.

Com metade do concerto decorrido, a banda mostrou os seus temas mais energéticos que fizeram despertar as primeiras palmas adjacentes ao ritmo. Apesar de toda a energia contagiante que a banda criou, tornando o Café Concerto do TMG num poço de sons e cores diversas para onde fomos sugados, o público, sentado nas cadeiras, não deu o braço a torcer e continuou assim, sentado a observar a performance da banda. Facto que lamentamos um pouco.

Consideramos que a banda portuguesa teve uma excelente atuação, mostrou-se bastante criativa na iluminação, atraiu o público e mostrou-se totalmente competente no seu trabalho.

The Happy Mess é um exemplo de uma banda de Indie Pop-Rock que marca pela sua diversidade sonora e essência portuguesa.

Deixamos aqui algumas fotografias feitas pelo Diogo Pedro.