|Reportagem| ALINE FRAZÃO, a voz e guitarra com a sensualidade africana

O nosso foto repórter Helder Martins deslocou-se no passado dia 10 de Março, a uma das salas mais intimista de Munique, a AMPERE, para assistir ao concerto da Angolana Aline Frazão.

O concerto estava integrado na Tour de apresentação do seu novo trabalho “Dentro da Chuva”.

Making of do novo trabalho de Aline Frazão “Dentro da Chuva”

O concerto em si, foi aquilo que estávamos à espera… uma mistura sensual de sonoridades africanas, com acabamentos de bossa nova e jazz. Aline Frazão é para nós, uma “senhora compositora” de temas dedilhados na sua guitarra. É uma artista que merece ser ouvida e seguida, para quem procura sentimentos na música. Ela faz das suas composições e actuações verdadeiros recitais de poesia, onde o público é constantemente brindado pela sua simpatia, sorriso e humildade.

Biografia

Aline Frazão nasceu e cresceu em Luanda, capital de Angola, e vive actualmente em Barcelona. Em 2011 lançou o primeiro disco de originais, “Clave Bantu”, com produção musical do contrabaixista cubano Jose Manuel Diaz. O disco conta ainda com duas parcerias com os escritores angolanos José Eduardo Agualusa e Ondjaki.

“Movimento”, editado em 2013 pela PontoZurca, é o seu segundo álbum, onde assina a produção musical e a composição de todos os temas. Um deles é uma letra de Carlos Ferreira, jornalista e poeta angolano. Outro é o poema “Ronda”, de Alda Lara.

Aline é licenciada em Ciências da Comunicação e escreve uma crónica semanal para o portal informativo angolano Rede Angola.

FOTO REPORTAGEM DE HELDER MARTINS