|REVIEW| ALLIGATOR WINE, um rock sem guitarra em novo álbum

Banda: Alligator Wine

Nome do Álbum: The Flying Carousel

Ano: 2019

Fundado em 2016 na Alemanha, os Alligator Wine não podem ser considerada uma banda, já que trata-se de uma dupla formada por Thomas Teufel e Rob Vitacca, que faz o uso de multi-instrumentos.

O EP The Flying Carousel é uma boa surpresa! Lançado no começo deste ano, o álbum foi lançado apenas em formato vinil e pode ser classificado como um “Vintage Rock” com alguns picos de psicodelismo.

O álbum inicia-se com a faixa título, com melodias à bailarico. Entretanto, de formas divergentes ao comum. Percebemos que não há instrumentos de corda, pois a dupla faz somente o uso de percussão, teclado e vozes, The Flying Carousel nos dá uma audição singular.

A segunda faixa do álbum, Dream Eyed Little Girl, dá-nos uma oportunidade maior para reparar o uso de sintetizadores, combinados com uma percussão mais suave, e a canção portanto, tem um ar mais melódico.

Para fechar este projecto, a canção Reptile é muito mais intensa, com instrumentais mais progressivos e líricos. É uma música mais simples e, portanto, muito agradável aos ouvidos.

A malta dos Alligator Wine afirma-nos que é possível fazer o “Rock n Roll” com uma melodia diferente e  muita qualidade. É apenas uma questão de se permitir o “diferente”.