|ÚLTIMA HORA| GuitarScream presente na Alemanha, no SAINT HELENA FESTIVAL (Munique)

A GuitarScream estará presente este sábado num dos espaços mais conceituados de concertos, de Munique, e da Alemanha (FEIERWERK), para fazer a cobertura do Festival Saint Helena. Esta reportagem estará ao encargo de Hélder Martins, e que nos trará, após a realização do mesmo, as suas categóricas fotos, e os seus comentários acerca das actuações das bandas.

Neste festival estarão presentes algumas bandas que já passaram pelos palcos Portugueses, em especial pelo Vagos Metal Fest.

Irão estar a actuar neste festival, no próximo dia 16 de Junho:

CONVERGE – foi fundada em 1990. Ela é considerada uma das bandas mais influentes do New School Hardcore. O seu estilo extremo combina o hardcore com elementos de metal, punk e grindcore, que é caracterizado por partes instrumentais complexas, tecnicamente exigentes e uma parte vocal agressiva com letras poéticas.Em novembro de 2017, o seu novo álbum ” The Dusk in Us ” foi lançado. (Fonte: Feierwerk)

THE SECRET – Fundada em 2003, a banda THE SECRET transborda de raiva, negatividade e escuridão. Os italianos combinam elementos de Crust, Grind e o mais primitivo Black Metal com letras sobre a queda dos sistemas sociais, religião e igreja, e aversão pessoal a tais instituições. (Fonte: Feierwerk)

DARK BUDDHA RISING – Apenas as noites frias de inverno na Finlândia podem produzir uma banda como DARK BUDDHA RISING . A sua interpretação do Doom Metal lento, pesado e hipnótico surpreende para além da imaginação. As músicas, por vezes, muito longas criam uma atmosfera que nos coloca a todos, numa noite fria de inverno finlandesa. Desde a sua fundação em 2007, a banda desfruta de reconhecimento internacional e não é mais uma dica privilegiada. (Fonte: Feierwerk)

SANGRE DE MUERDAGO –  Eles entregam a melancolia na sua forma mais pura. Sem nenhum kitsch e com uma beleza impressionante, o vínculo com a natureza torna-se audível aqui. (Anarco) Neofolk no seu melhor, que cativa todos com seus instrumentos versáteis. (Fonte: organizador)

IMPLORE – Death Metal / Grindcore, suave como uma escova de aço brilhante, atende a Crust Groovy e influências hardcore. ” Subjugate “, o novo álbum da banda foi lançado em Setembro de 2017. (Fonte: Feierwerk)

FUOCO FATUO – banda nasce em 2011 em Verese (Itália) como um projeto de destruição em torno do tema da morte. 2012 foi o primeiro trabalho da banda que lançou ” Dentro l’infero Ley Nera Creatura Celeste “, seguido um ano depois por ” 33 Colpi di esquizofrenia Astral nel Vuoto Nero Abyss “. Em 2017 a banda lançou o segundo álbum ” Blackwater ” na editora Profound Lore Records. (Fonte: Informação da banda)

KRINGA – Os misteriosos ocultistas KRINGA trazem consigo uma mistura musical interessante do nosso país vizinho. Não é um Black Metal algo massador, mas um som cuidadosamente considerado com muitas influências sombrias, às vezes com um “toque” de punk em determinados pormenores dos temas. Depois de seu álbum de 2014 “Total Mental Desecration”,  foi lançado este ano “Through The Flesh Of Ethereal Wombs” .  (Fonte: organizador)

OBELYSKKH –  é uma banda com três estilos, Stoner / Doom / Noise / Psych, da área de Fürth. Em 2017, foi lançado o seu primeiro álbum ” The Providence “. (Fonte: Feierwerk)

CRANIAL – Com ” Dark Towers / Bright Lights” o primeiro longplayer da banda de Würzburg foi lançado em 10 de fevereiro de 2017. A imprensa internacional estava cheia de elogios e um convite para o renomeado Festival Droneburg aconteceu. As quatro músicas de “Dark Towers / Bright Lights” são “escuras, pesadas e transporta-nos para uma atmosfera extremamente ameaçadora”. O som é brutal e ultra pesado. Uma banda ao estilo dos fãs de “Neurosis”, “Isis” e “Cult of Luna”. (Fonte: Informação da banda)